7 dicas para cuidar da pele ao usar ácidos

7 dicas para cuidar da pele ao usar ácidos

O uso de ácidos em rotinas de skincare precisa ser feito com alguns cuidados, antes e durante o uso. Mas os cuidados devem ser realizados (e redobrados), principalmente após a aplicação. Por isso trouxemos algumas dicas para cuidar da pele ao usá-los.

Excelentes para tratamentos de pele como acnes, redução de linhas de expressão e manchas, os ácidos promovem uma descamação da pele. Algumas destas descamações são mais gentis e suaves que outras. Porém, este nível de degradação é definido pelo tipo de ácido escolhido.

Independente do tipo de ácido que você está usando ou queira usar, ou qual o seu objetivo com o uso, existem cuidados que precisam ser tomados.

 

1. Faça a limpeza da pele antes e no dia seguinte após usar ácidos

A limpeza da pele é fundamental para remover impurezas acumuladas ao longo do dia e também resquícios de cremes, protetores ou outros ativos utilizados na pele. Assim, sempre lave o rosto antes de aplicar o ácido para deixar a pele bem limpa e preparada para recebê-lo.

+conheça nossos produtos para limpeza de pele

 

Lave o rosto no dia seguinte ao uso do ácido

Alguns ácidos são de uso noturno. Então é comum ser aplicado antes do horário de ir dormir. Desta forma, a limpeza do rosto na manhã seguinte à aplicação é fundamental para remover todos os resíduos. 

Conheça o Ácido Hibistico da QUINTAL. 

R$179,00 até 6x s/juros

Utilize o cupom BLOG15 e garanta 15% de desconto ao comprar o Ac-Hibistico

 

2. Aumente a hidratação da pele

Alguns ácidos podem causar a sensação de ressecamento da pele por conta da descamação química. Desta forma, é importante reforçar a hidratação, seja com hidratantes mais potentes ou com reaplicações ao longo do dia. 

+conheça nossas soluções para hidratação facial 

 

3. Evite tomar sol enquanto usar os ácidos

Alguns ácidos são fotossensíveis e por isso os raios solares podem causar um efeito negativo na sua pele. Além de favorecer o aparecimento de manchas e melasmas, também pode causar queimaduras. 

Lembre-se que os ácidos fazem a descamação de uma camada mais superficial ou intermediária da pele e por isso a cútis se torna mais sensível e propensa à lesões causadas pelos raios solares

 

4. Aplique e reaplique o protetor solar

Apesar do conselho anterior sobre evitar tomar sol, sabemos que nem sempre isso é possível e mesmo que seja por um curto período, não tem como escapar. Nestes casos é necessário proteger a pele com o uso de protetores solares com um FPS alto.

Os protetores solares protegem não só contra os raios solares, mas também contra os efeitos causados pelas luzes artificiais presentes em lâmpadas e telas de computadores ou celulares. 

+conheça nossos protetores solares

 

5. Observe se está causando irritações

Seja pelo tipo de pele mais sensível ou pelo uso de ácidos mais fortes, o uso dessas substancias pode causar algumas irritações. 

Estas podem ser identificadas com alguns sinais:

  • Vermelhidão da pele;
  • Pequenos edemas;
  • Aparecimento de acnes;
  • Sensação de ardência;
  • Coceiras.

Em casos de irritações, é importante reduzir ou até parar o uso do ácido. Além disso, é importante procurar por um dermatologista e entender se os sintomas observados na sua pele são realmente irritações por alergia ou sensibilidade à ativos, ou se é apenas a sua pele se adaptando às novas substâncias que estão sendo aplicadas.


Os mais lidos em nosso blog

  1. Onde encontrar QUINTAL nas farmácias?
  2. Argila Branca: para que serve e quais os seus benefícios para a pele?
  3. Ácido Poliglutâmico: um complemento ao Ácido Hialurônico

 

6. Use os ácidos em dias alternados até a pele se acostumar

Peles mais sensíveis podem sentir alguns efeitos nos primeiros dias de uso dos ácidos. Dessa forma, é indicado que você use-os em dias alternados até sua pele ir se acostumando com as novas substâncias sendo aplicadas e as irritações serem menos prováveis.

 

7. Não puxe a pele que está descamando

Alguns ácidos causam descamações mais sensíveis e outros causam descamações mais intensas. Então cuidado! Puxar essas “pelinhas” pode causar pequenos ferimentos na pele e isso pode acarretar manchas ou cicatrizes. 

A solução aqui é deixar descamar naturalmente e se manter bem hidratado (tanto pelo uso de cremes e loções hidratantes, quanto pela ingestão de água).

Deixar um comentário

Todos os comentários são revisados antes de serem publicados.

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.